Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

APÓS CAPITAL INICIAL, VACINA CONTA A FEBRE AMARELA VAI SER EXIGIDA NO SHOW DO RAÇA NEGRA

Apresentação está marcada para o dia 9 de dezembro no Grêmio C.P, em Jundiaí. Público deve ficar atento também ao prazo para a imunização.
O Grêmio C.P. de Jundiaí (SP), que vai receber a apresentação do grupo de pagode Raça Negra marcada para o dia 9 de dezembro, anunciou que vai exigir na portaria da casa a apresentação do certificado de vacinação contra a febre amarela.
Na página do evento no Facebook, a direção do clube explica que tomou essa decisão devido ao risco e como forma de prevenção contra a doença.
"Pedimos a todos que forem ao baile para que tomem a vacina contra a febre amarela como forma de segurança e precaução."
O Clube Jundiaiense, que organizou o show da banda Capital Inicial realizado no dia 17 de novembro na cidade, também exigiu a apresentação do certificado de vacinação contra a febre amarela.
Sem vacina contra a febre amarela, público é barrado de show do Capital Inicial em Jundiaí
No dia da apresentação, inclusive, a organização do evento chegou até a barrar parte do público que, apesar de já ter adquirido o ingresso, não havia sido vacinada.
Ainda tiveram pessoas que tomaram a vacina, mas foram impedidas de assistir ao show do Capital Inicial, já que o Clube Jundiaiense só permitiu a entrada das pessoas que tomaram a vacina há pelo menos 10 dias, que é o prazo para a imunização começar a valer.
Em Jundiaí, 68 macacos já tiveram as mortes confirmadas por febre amarela. A sede do clube fica no bairro Caxambu que, apesar de não ter registro de casos da doença, possui uma extensa área verde. Só o Grêmio C.P. de Jundiaí detém mais de 200.000 m² .
O Grêmio C.P. de Jundiaí fica na situada na Avenida Maria Negrini Negro, 791, no bairro Caxambu. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 2136-2077 ou 9.9816-7313.
Fonte: Por G1 Sorocaba e Jundiaí

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200