Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Inatel atinge marco de duzentas defesas de Mestrado

Inatel Defesa Mestrado 200 aTibério Tavares Rezende durante a Defesa da 200ª Dissertação de Mestrado 

O Inatel comemorou a apresentação da 200ª dissertação do Mestrado em Telecomunicações, no dia 17 de dezembro. A defesa é um marco para a instituição, que desde 2001, vem formando mestres que atuam nas áreas de docência, pesquisa e desenvolvimento em diversas instituições e empresas do setor de Tecnologia, inclusive no exterior.

A dissertação de número 200, com o título “Distribuição de Conteúdo via Conexão 5G Híbrida Terrestre/Satélite”, foi defendida pelo aluno Tibério Tavares Rezende, sob orientação do professor Dr. Antônio Marcos Alberti. A pesquisa propõe uma arquitetura híbrida terrestre-satélite para infraestrutura da rede 5G, com a aplicação de solução baseada na distribuição de conteúdo com cache de rede.

A pesquisa integrou um projeto desenvolvido por meio de uma parceria entre o Inatel e o Sindicato Nacional das Empresas de Telecomunicações por Satélite (SINDISAT), que tem como propósito o estudo e a criação de cenários de arquitetura terrestre-satélite para o ecossistema 5G, que se adequem à realidade brasileira. O projeto também alimentou com resultados a iniciativa 5G Brasil, associação que congrega 23 empresas e mais de 100 profissionais de telecomunicações, voltada para fomentar a criação do ecossistema da quinta geração de telefonia móvel (5G) no país.

A defesa foi feita de forma virtual, com a presença do orientador, professor Dr. Antônio Marcos Alberti, do professor Dr. Fábio Luciano Verdi, da Universidade Federal de São Carlos, e do professor Carlos Nazareth Motta Marins, diretor do Inatel, que compuseram a banca examinadora da dissertação. O aluno foi aprovado sem restrições.

Para Tibério, fazer parte da pesquisa foi uma experiência muito gratificante e ao mesmo tempo um desafio. “O trabalho demandou muito estudo e dedicação. Conseguimos integrar a arquitetura com a solução proposta e demonstrar isso em experimentos reais, gerando 5 relatórios para o Projeto 5G Brasil, obtendo retornos muito positivos. Fico muito feliz em poder contribuir com esse projeto tão importante. Isso com certeza faz com que minha formação seja ímpar”, ressaltou.

Segundo o orientador do Projeto, Professor Antônio Marcos Alberti, conduzir essa pesquisa com o Tibério, nessa parceria do Inatel com o SINDISAT, foi uma honra e um prazer. “Foi um aprendizado conduzir uma pesquisa que pudesse atender à demanda científica, ao mesmo tempo às solicitações do Sindicato e ainda de relatórios do 5G Brasil. Fizemos a publicação da pesquisa em congressos e agora estamos preparando a publicação de artigos em periódicos. Esse esforço de conciliar agendas e entregas não foi fácil, mas foi muito gratificante” conta Alberti.

O Professor ainda comemora à chegada da ducentésima Defesa de Mestrado, “esse número reflete o compromisso da Instituição com a pesquisa científica de alto nível e também do grupo de pesquisa de transformar a vida das pessoas que fazem a pós-graduação conosco, tanto no Mestrado quanto no Doutorado”. 

Inatel Defesa Mestrado 200aTibério juntamente com a banca examinadora

O Presidente do Sindisat, Luiz Otávio Vasconcelos Prates, registrou sua satisfação em ter participado desse trabalho, que segundo ele trouxe muitos resultados positivos ao setor das Telecomunicações em geral. “Por mais de 2 anos, nossa instituição, que agrega o setor de telecomunicações por satélite em âmbito nacional, usufruiu a honra de trabalhar em conjunto com o Inatel, uma instituição reconhecidamente de competência no setor de Telecomunicações e Tecnologia e dedicada à formação de profissionais de elevado nível técnico científico, na pesquisa teórica e prática. Essa parceira demonstra a relevância de uma intensa interação entre o setor de telecomunicações via satélite e o meio acadêmico. O futuro cenário do 5G está próximo e a tecnologia satélite é essencial para trazer os benefícios a toda à humanidade: é a conectividade a todos e a tudo, em qualquer momento e em qualquer lugar”, destaca.

Menção honrosa
O trabalho que consistiu na 200ª dissertação do Mestrado foi apresentado no mês de novembro no XL Congresso da Sociedade Brasileira de Computação e recebeu menção honrosa.

Certificado SBCup2020Certificado do Simpósio Brasileiro de Computação Ubíqua e Pervasiva

 

Consolidação do Mestrado
A defesa da 200ª dissertação de Mestrado do Inatel evidencia a consolidação do curso e a alta qualidade da produção acadêmica dos corpos docente e discente da instituição. O curso é atualmente um dos melhores programas, dentro da área das Engenharias IV, o que é demonstrado pela avaliação do CAPES, na qual obteve nota 4. 

O Pró-Diretor de pós-graduação e pesquisa e coordenador dos cursos de Mestrado e Doutorado em Telecomunicações do Inatel, Prof. José Marcos Câmara Brito, ressalta que a defesa da 200ª dissertação de mestrado é um marco para o programa. “Nossos mestres estão ajudando a desenvolver o setor de telecomunicações no país. Em particular, esta dissertação é especial, pois foi desenvolvida com o apoio do SINDISAT para estudar a integração das redes 5G com as redes de comunicação por satélite, tema de grande relevância para o setor” reforça o coordenador.

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200