Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Universitários do Sul de Minas desenvolvem ventilador pulmonar pressurizado

Modelo pode custar até 50% menos de que os modelos adquiridos recentemente no Brasil

inatel ventilador equipeabril 2020Um sistema de ventilação mecânica controlado por plataforma eletrônica de baixo custo e de fácil fabricação. Esse é o resultado da união de alunos e professores do Inatel, instituição de ensino e pesquisa de Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas. Voluntários que em poucas semanas desenvolveram um protótipo de um dos equipamentos mais necessários para o atendimento a pacientes graves de Covid-19.

O equipamento desenvolvido pela equipe do Inatel utiliza componentes brasileiros ou de fabricação facilitada, como impressão 3D realizada no próprio laboratório da faculdade, e já foi, inclusive, apresentado para os Ministérios de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC), da Economia e Saúde. “Fomos a primeira instituição privada de ensino, pesquisa e desenvolvimento a participar constantemente de reuniões com o governo federal para o debate de ações ao enfrentamento da pandemia de Covid-19. Temos o objetivo de colocar nossa expertise como ICT para o desenvolvimento de soluções necessárias para esse momento e assim contribuir com a nossa sociedade”, afirma o Diretor do Inatel, professor Carlos Nazareth Motta Marins.

inatel ventilador arte abril 2020O projeto conta com design próprio para o sensor de fluxo, módulo de aquecimento, válvula exalatória e controle das válvulas de pressão. “O diferencial do projeto do Inatel, de acordo com o que temos visto junto ao Ministério da Saúde, é que o nosso é um sistema pressurizado, permitindo o controle dos gases de forma mais precisa e sem a utilização de ambu, que é um balão usado em emergência, mas que não atende todos os casos de insuficiência respiratória, de acordo com médicos especialistas”, explica o professor e coordenador da equipe, Filipe Bueno.

A expectativa é que os testes de funcionamento do protótipo sejam concluídos essa semana, dando início ao processo de transferência da solução tecnológica para uma empresa interessada na adequação do sistema às normas vigentes e na produção em escala. “As estimativas iniciais de custos gerais da fabricação desse projeto indicam que pode custar até 50% menos de que os modelos adquiridos recentemente pelo Brasil”, completa Filipe.

O aluno de Engenharia de Controle e Automação do Inatel, Roberto Luiz Assad Pinheiro, é um dos integrantes da equipe de desenvolvimento do ventilador pulmonar. Segundo ele, o aprendizado nesse momento é multidisciplinar. “É uma incrível oportunidade de aprendizado em um curto espaço de tempo. Tive que me familiarizar com vários assuntos que não são diretamente da minha área, mas que contribuíram muito com a minha formação profissional”.

“É motivo de muito orgulho saber que estou contribuindo com a sociedade nesse momento tão importante e ainda tendo a oportunidade de aprender tanto com o apoio da faculdade”, afirma Paulo Imbroisi Isaia Junior, aluno do oitavo período de Engenharia Biomédica do Inatel.

Além desses alunos, também estão envolvidos no projeto os estudantes Rafael Simões Borges dos Reis, Luma Rissatti Borges do Prado, Natália Titoneli de Melo, Maria Clara Nascimento Costa, além do engenheiro e egresso do Inatel, Daniel Fussia.

Confira o vídeo do protótipo:

inatel video ventilador take abril 2020

Uma versão compacta do equipamento, em gabinete acrílico, está sendo desenvolvida de forma a permitir que o sistema sirva de ferramenta para educação e treinamento de alunos e profissionais sobre os requisitos e cuidados para operação, construção e manutenção dos ventiladores.

O grupo do Inatel,criado no final de março, conta com 50 voluntários, entre estudantes, professores e colaboradores do Inatel, empresas do Vale da Eletrônica e profissionais até de outros países. Além do ventilador, várias outras ações estão em desenvolvimento, como treinamentos e guias para profissionais de engenharia que atuam na manutenção de equipamentos hospitalares; empréstimo do simulador de ventilador utilizado para estudo da faculdade para testes; desenvolvimento de equipamento de baixo custo para esterilização hospitalar; apoio e consultoria às startups e iniciativas de empresas que buscam soluções tecnológicas nesse momento de enfrentamento da pandemia; pesquisa sobre as ações da Anvisa para regulamentação de novas soluções no combate à pandemia de Covid-19, na tentativa de otimizar a entrada das inovações no mercado em curto espaço de tempo, entre outras iniciativas.

Confira as iniciativas no site www.inatel.br/coronavirus.

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200

Política de Privacidade