Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Inatel integra seleto programa de pesquisas em 5G da National Instruments

inatel niinstrumentsdayO Inatel é a primeira instituição de ensino e pesquisa da América Latina a integrar o National Instruments Lead User Program para a área de 5G. Isso significa que estamos ao lado das principais universidades da Europa e Estados Unidos, além de empresas como Google e Facebook, que utilizam em suas pesquisas ferramentas da National Instruments (NI), líder em teste e medição, aquisição de dados e automação computacional. "O Inatel é uma das mais renomadas instituições de pesquisa e ensino do Brasil na área de telecomunicações. Nós temos certeza que essa parceria trará uma grande contribuição para definição das tecnologias que serão escolhidas no 5G", afirma Alexsander Loula, gerente de Desenvolvimento de Negócios da NI.

As plataformas da NI são utilizadas pelos pesquisadores do Centro de Referência em Radiocomunicações do Inatel e da Universidade Tecnológica de Dresden, na Alemanha, no desenvolvimento conjunto de novas tecnologias para a quinta geração de comunicação móvel. A primeira demonstração pública das pesquisas desenvolvidas pelo Inatel foi realizada no evento National Instruments Day, em São Paulo, em abril, poucos meses depois de iniciar o uso da ferramenta para a prototipagem do que pode vir a ser o modem para 5G, com a modulação digital GFDM. "Os testes são de uma modulação nova, que ninguém ainda havia feito no Brasil. Os resultados mostram que temos um caminho certo para a construção do modem para 5G que consegue transmitir mais dados sem causar interferência em outros usuários, tendo múltiplos serviços dentro da mesma banda e uma diversidade de aplicações que hoje não é possível", explica Luciano Leonel Mendes, coordenador de Pesquisa do CRR.

inatel reuniao crr national instrumentsDe acordo com Luciano, integrar o grupo de usuários avançados da NI contribui para o surgimento de novas aplicações das plataformas, além de garantir agilidade para o desenvolvimento do projeto. "Os usuários desse grupo fazem uso extremo da ferramenta, quando encontram limites desenvolvem soluções que contornem essas limitações e permitem que essas ferramentas possam ser empregadas em novas funcionalidades. O 5G é um caso desse. Toda tecnologia que existe hoje vai apresentar algum tipo de restrição em função da grande inovação que é a quinta geração. E uma resposta rápida do fabricante é fundamental para dar continuidade ao trabalho. E é exatamente isso que o programa da NI oferece". Outro benefício é a interação entre as instituições e empresas que integram o programa.

Instituições integrantes do National Instruments Lead User Program:

Inatel
NYU Wireless
TU Dresden
University of Notre Dame
Rutgers, The State University of New Jersey
University of California at Berkeley
The University of Texas at Austin
Texas A&M University, College Station, Texas

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200