Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Empresas poderão contar com o apoio do Inatel para diminuir riscos em projetos de inovação

inatel-embrapii-linhas1Um dos principais fatores que impedem as empresas de inovar em seus processos é o grau de risco inerente à implantação de uma inovação, seja pelos custos envolvidos ou pelo tempo necessário para alcançar resultados. No entanto, esta é uma atividade que tem sido crucial para as empresas manterem sua competitividade no mercado atual. Por esse motivo, o apoio de órgãos de fomento tem se tornado fundamental para minimizar os riscos e agilizar a criação de novos produtos e serviços nas indústrias.

A EMBRAPII (Empresa Brasileira de Pesquisa e
Inovação Industrial) é uma das principais inatel-embrapii-linhas2organizações apoiadoras do setor industrial no Brasil e atua, em cooperação com instituições de
pesquisa públicas e privadas, disponibilizando recursos não reembolsáveis para atender as demandas empresariais. O diferencial dessa modalidade de fomento é que a entidade antecipa os recursos para suas unidades, que têm autonomia para negociar os projetos diretamente com as empresas, o que dá mais agilidade e flexibilidade na utilização dos recursos e na condução dos projetos.

O Inatel foi credenciado este ano como Unidade EMBRAPII e, com isso, poderá intensificar o apoio que tem dado às empresas, há mais de 30 anos, no desenvolvimento de projetos de PD&I. A instituição foi escolhida para atuar no desenvolvimento de projetos na área de Sistemas de Comunicação Digital e Radiofrequência.

A área engloba três linhas de atuação: Dispositivos de Comunicação Digital e Radiofrequência, que envolve o desenvolvimento de equipamentos de comunicação e processamento digital, dispositivos de radiofrequência e antenas de transmissão; Arquiteturas e Dispositivos de Redes de Alta Densidade, que inclui o desenvolvimento de arquiteturas de rede e dispositivos de M2M e IoT; e Sistemas de Monitoramento Remoto, que prevê a criação de dispositivos e softwares de segurança eletrônica, redes inteligentes (smart grid), entre outros.

Segundo o pró-diretor de Desenvolvimento de Tecnologias e Inovação do Inatel, Carlos Augusto da Rocha, os projetos serão desenvolvidos em três áreas distintas do Inatel Competence Center, cada uma atendendo a uma linha específica. "Os trabalhos serão direcionados às equipes de Hardware e Software Embarcado, SOFT (Software para Telecomunicações) e Software Aplicativo, que irão atender a cada uma das linhas respectivamente", explica.

Ainda de acordo com Carlos, o credenciamento como Unidade EMBRAPII possibilita à instituição ter parte da propriedade intelectual das inovações geradas junto às empresas, o que é bastante vantajoso no âmbito científico e tecnológico. "Temos a meta de fechar no mínimo 60 projetos nesses seis anos de contrato, portanto, essa conquista só vem agregar ao trabalho que vem sendo feito pelo Inatel junto a grandes players do mercado de tecnologia", conclui.

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200