Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Inatel quer se firmar como laboratório de teste de apps no Brasil

O Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), localizado em Santa Rita do Sapucaí/MG, montou no ano passado um laboratório de testes de aplicativos móveis para atender a uma demanda da Qualcomm no Brasil. A parceria com a Qualcomm continua, mas o Inatel quer aproveitar a infraestrutura montada para atender a outros clientes que desejem testar apps, como operadoras celulares e desenvolvedores que se preocupem com a qualidade de seus produtos, explica Guilherme Marcondes, gerente de desenvolvimento de projetos do instituto.
App-for-that

O laboratório consegue medir o consumo de energia e de banda de um aplicativo, além de realizar testes funcionais, de interação, de compatibilidade e de usabilidade. O consumo da capacidade do processador e da memória dos dispositivos pelo app também é avaliado, pois estão entre as causas mais frequentes de travamentos dos aplicativos. O Inatel conta com uma equipe de entre 15 e 20 profissionais trabalhando no laboratório. Há entre eles engenheiros especializados em plataformas de terceiros, como a Vuforia, de realidade aumentada, e a AllJoyn, de conexão entre dispositivos, ambas da Qualcomm. Recentemente, o Inatel se filiou à App Quality Alliance (AQuA), organização internacional que reúne diversas operadoras e fabricantes com o objetivo de melhorar a qualidade de aplicativos móveis. 

Ao contrário de outros serviços de teste de apps na web, o Inatel quer se diferenciar oferecendo um feedback personalizado ao contratante, com relatórios mais completos e detalhados que a média do mercado. A ideia é mostrar e explicar os problemas, com um atendimento pessoal, diz Marcondes.

O laboratório faz parte do braço de serviços do Inatel, paralelamente à atuação do instituto como universidade. Essa área de serviços também oferece o desenvolvimento de aplicativos. Recentemente, foi assinado contrato com a Nokia para a criação de apps em Windows Phone que tratem de saúde, acessibilidade, mapas e outros temas. Conteúdo móvel representa aproximadamente 10% da receita do Inatel com serviços, mas tem potencial para crescer rapidamente essa participação, projeta Marcondes.

O Inatel participou na semana passada da Uplinq, conferência da Qualcomm para desenvolvedores, realizada em San Diego, nos EUA.

Fonte: Mobile Time (http://migre.me/g1zcv)

 

 

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200