Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Inatel inaugura exposição na próxima semana


Arte como terapia - A3 -  297x420mm-Print

"Arte como Terapia", esse é o nome da exposição que será inaugurada na próxima terça-feira, três de setembro, no Espaço Memória Inatel.

A exposição que é uma realização do Inatel Cultural, com o apoio do Inatel Centro de Memórias, irá apresentar trabalhos artesanais frutos de oficinas terapêuticas realizadas ao longo do tratamento dos usuários do Centro de Atenção Psicossocial de Santa Rita do Sapucaí – CAPS. A mostra será composta por quadros, artesanatos e pintura desenvolvidos em tecidos, madeiras, papéis e materiais recicláveis.

Segundo a coordenadora do Centro, Gisele Miranda Monteiro, os trabalhos que serão expostos ajudarão na difusão dos serviços prestados pelos CAPS. "A importância da exposição para os usuários do CAPS se dá pela divulgação do serviço de Saúde Mental na sociedade. A apresentação dos trabalhos dos usuários traz em si o resultado da arte como recurso terapêutico, não só pelo fato de apresentar os produtos, mas também pela desmistificação da loucura. É importante que a sociedade entenda que apesar das limitações de cada usuário, eles são capazes de realizar muitas atividades, ter autonomia e apropriarem de suas próprias histórias.", ressalta Gisele.

De acordo com Flávia Roda Garcia, Terapeuta ocupacional do CAPS, o nome da exposição "Arte como Terapia" foi proposto, pois as atividades artesanais e artísticas são utilizadas como meio de tratamento. "Cada usuário contribui na elaboração dos projetos de acordo com sua afinidade, interesse e capacidade. Muitas vezes também, por meio da atividade, ele descobre novas perspectivas de vida e encontra novo significado em seu cotidiano. Durante as terapias são oferecidas atividades expressivas como pintura, desenho, música, e atividades estruturadas como costura, horticultura, esporte.", finaliza a terapeuta.

Os trabalhos ficarão expostos no Espaço Memória Inatel de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h até o dia 29 de outubro.

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200