Empresas incubadas são selecionadas em programa de P&D

Programa contempla a inserção de pesquisadores e bolsistas nas startups e contribui para a geração de inovação e no desenvolvimento de tecnologias

Smart Brace matériaDuas das startups instaladas na incubadora de empresas do Inatel foram comtempladas com um apoio de inserção de pesquisadores nos projetos de Pesquisa e Desenvolvimento -P&D pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). As empresas Neurobrinq e Smart Brace/Nowigo foram selecionadas. 

Com este incentivo, além da presença do pesquisador, cada startup irá receber dois bolsistas que terão monitoria direta do pesquisador. Os bolsistas serão selecionados pelos pesquisadores, atendendo o nível profissional exigido pelo CNPq. A Neurobrinq terá como pesquisador, o atual sócio da startup, Gregston Marques Pereira e a Smart Brace, o professor do Inatel, Arismar Cerqueira Sodré Junior. O programa de bolsas possui duração total de 12 meses.

A divulgação das startups foi realizada neste mês de março e foi bem recebida pela coordenação do Núcleo de Empreendedorismo do Inatel - NEmp. De acordo com o Coordenador do núcleo, Rogério Abranches, esta conquista reforça que as empresas incubadas no Inatel possuem alto nível de tecnologia desenvolvida. “Estas bolsas, para o desenvolvimento das startups, significa um processo mais eficiente para garantir a geração de inovação. Colocar o pesquisador dentro da startup vai despertar nestas empresas mais desenvolvimento e com isso elas irão atender as necessidades do mercado de uma forma mais inovadora”, comentou .

“Entre mais de 300 startups incubadas de todo o Brasil, que se inscreveram para este programa, tivemos as nossas duas indicações escolhidas entre apenas 27 selecionadas. Isso mostra o nível de tecnologia que dispomos e mostra que podemos enfrentar mais desafios tecnológicos”, concluiu o coordenador.

Inatel Smart Brace e Neurobrinq fotos gerais março2018 9Os projetos
Para a participação no programa de bolsas, as startups inscreveram projetos que visam contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico do Brasil, nas áreas de inovação e empreendedorismo. Conheça os projetos apresentados:

Neurobrinq – A startup apresentou um game para crianças portadoras de transtornos do neurodesenvolvimento. Este jogo tem como objetivo oferecer apoio nas terapias comportamentais e cognitivas, auxiliando na compreensão e desenvolvimento de ações, comportamentos e na realização de tarefas básicas do cotidiano. O jogo tem como premissa reduzir o custo do tratamento e oferecer ao paciente uma ferramenta que aumente as horas de treinamento diário, melhorando o desempenho e aumentando as condições e qualidade de vida dos mesmos. “Nosso objetivo é finalizar o desenvolvimento do jogo iUP6D e disponibilizar para a sociedade uma solução tecnológica de apoio às terapias para crianças com TEA [Transtorno do Espectro Autismo]”, comentou Gregston Marques Pereira da Neurobrinq.

Smart Brace/Nowigo - Já a Smart Brace possui um projeto de desenvolvimento e de implementação de antenas de alto desempenho para portais de sistemas RFID (Radio-Frequency IDentification), baseados em tecnologia NFC (Near Field Communication). Estas antenas serão projetadas e otimizadas, de maneira a atender as particularidades dos portais RFID, com a finalidade de lançar um completo portfólio de antenas para a empresa Smart Brace, o qual irá atender diversas demandas de mercado de controle de acesso em diferentes contextos e aplicações.

Mais programas
E as conquistas das duas empresas incubadas não se limitam a apenas a este programa. Recentemente as duas startups foram selecionadas para participar do programa de bolsas de iniciação científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig). Nesta ocasião, as empresas selecionadas recebem aporte para a contratação de mais dois alunos dos cursos de engenharia para a o programa de bolsas.

"Nossa participação nos projetos possui caráter estratégico, principalmente devido ao direcionamento dos trabalhos para a execução de um planejamento de um roadmap baseado nas tecnologias mais inovadoras. Desta forma as pesquisas científicas serão a base das soluções futuras que serão executadas pela empresa", comentou Tayla Simões Santos da Smart Brace.

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200

Escritório em São Paulo - SP - Brasil

WTC Tower, 18º andar - Conjunto 1811/1812

Av. das Nações Unidas, 12.551 - Brooklin Novo - 04578-903

+55 (11) 3043 6015 | inatel.sp@inatel.br