Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Crazy Hackathon recebeu 50 participantes e grandes invenções

Inatel Crazy Hackton maio2017 29 edited

Neste último final de semana, dias 27 e 28 de maio, o Inatel recebeu o Crazy Hackathon – Hacking for Fun. A ação que tinha como objetivo criar o inexistente formou oito grandes invenções. Ao todo, o evento teve envolvimento de 70 pessoas, somando 50 participantes e o restante de mentores, o que contribuiu para que as ideias saíssem do papel.

Foi mais um final de semana de muito trabalho, e qualquer pessoa que fosse criativa e que tinha algum projeto em mente poderia participar. Entre os projetos apresentados, estavam jogos interativos, alguns com realidade aumentada, com sensores e indicadores de movimento, a laser e com robôs. Além de uma máquina expressa que serve comida e até uma que faz relaxamento através de imagens e sons.

O evento além de atiçar a criatividade dos participantes também foi uma competição entre as equipes. A premiação foi dividida em duas etapas: Pelo voto popular venceu a equipe desenvolvedora da máquina de distribuição de comida Crazy MCojo e pelos votos dos mentores a Pandeiro Hero, um jogo de computador inspirado no famoso Guitar Hero, foi a campeã. Os participantes concorreram a prêmios, bolsas do curso Ead do Inatel de Smart Home, convites para feiras de tecnologia além de visitas técnicas às empresas.

Inatel Crazy Hackton maio2017 62Para o especialista do ICC e organizador do Hackathon, João Rubens Costa Fonseca, a realização do evento superou todas as expectativas. “Foi incrível, todos os grupos criaram projetos realmente diferentes e totalmente improváveis. Já estamos pensando nas próximas edições, com outros temas diferentes para criar ideias improváveis”, comentou.

Para quem participou, a maratona de trabalho em equipe, no final de semana, valeu a pena. “Participar do Crazy Hackathon e realizar o projeto foi uma loucura, literalmente. Este foi o melhor evento deste tipo que eu participei, pois não havia um roteiro e tínhamos que criar algo. Trabalhar com os alunos do Inatel me proporcionou uma experiência muito positiva”, disse o participante Andre Luis Magalhães Silva, aluno do 9º período de Engenharia Eletrônica da Unifei, de Itajubá.

Já a aluna do Inatel, Vanessa Swerts, do primeiro período de Engenharia da Computação enfatizou a importância de eventos como este. “Nestas horas a experiência que adquirimos é sem dúvida importante para a nossa formação, já que encontramos novos caminhos para percorrer e aplicamos na prática o que já sabemos. Participar foi desafiador para todos nós”, comentou a participante. Ambos os alunos, participaram de um grupo de 5 pessoas que criaram uma pista com obstáculos onde os movimentos de um carrinho de brinquedo era acionado através do som do apertar de uma galinha de plástico.

Confira as fotos do evento aqui.

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200

Política de Privacidade