Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Ação inédita aproxima participantes da Fetin e representantes da comunidade

A 29ª edição da Feira Tecnológica do Inatel  (Fetin) deverá ter número recorde de projetos desenvolvidos pelos alunos do Instituto. O tradicional evento, aberto ao público, será realizado entre os dias 28 e 30 de outubro, no ginásio da instituição. Os preparativos para a Fetin começaram em agosto e, até agora, 155 projetos estão na segunda fase, número 50% maior que em 2009. Boa parte deles é voltada para a comunidade, seja com foco ambiental, em saúde, segurança e inclusão de portadores de deficiência.

Para o coordenador da feira, professor Bruno de Oliveira Monteiro, o alto número de participantes mostra o desenvolvimento da capacidade empreendedora dos alunos que apostam na Fetin como uma forma de aprimorar os conhecimentos adquiridos durante o curso e apresentar seus projetos ao mercado. Além disso, pela primeira vez em 29 anos de história, houve uma integração entre os alunos e a comunidade antes mesmo do início da Fetin, através do Centro de Integração Científica, Cultural e Tecnológica (CICCT). O diretor do Inatel, professor Wander Wilson Chaves, explica que o objetivo do CICCT "é integrar ciência, tecnologia e cultura, colaborando com o desenvolvimento social de nosso município e região".

imagem-fetin_cicct-inclusao_450

 

Durante uma semana, os estudantes dos 55 projetos com foco social se reuniram com representantes de vários setores de Santa Rita do Sapucaí. "Esta iniciativa fortalece o desenvolvimento dos projetos e promove uma maior interação com quem realmente necessita, além de aumentar o comprometimento da equipe", disse o coordenador da feira.

 

Alunos com representantes da área de inclusão de portadores de deficiência

Na área ambiental e sustentabilidade são nove projetos e um deles deverá trazer benefícios diretos para a cidade de Santa Rita do Sapucaí no controle do volume de chuva. No setor da saúde são 21 ideias e os alunos puderam ouvir as sugestões das fisioterapeutas Claudia Cristina Garcez e Natalia Duarte, da dentista Adriana Fernandes Marinho e da secretária de saúde do município, Tetzi Oliveira Brandão.

 O estudante Guilherme Machado, do quarto período de Engenharia Elétrica, comemorou a oportunidade de fazer uma apresentação prévia do produto que o grupo está desenvolvendo para a área odontológica. "Nós temos a ideia e o profissional sabe falar se realmente é algo útil. E a dentista mostrou como tornar nosso projeto mais eficiente".

Os alunos de treze projetos que desenvolvem tecnologias para a inclusão social esclareceram dúvidas com diretora da APAE do município, Rita Helena Rezeck e também com o representa da Associação de Deficientes do Vale (Adevale), Adão Antonio Calixto, que é deficiente visual. O estudante do terceiro período de Engenharia Elétrica, Pedro Felipe Elias, que integra o grupo que desenvolve um ponto de ônibus adaptado aos cegos, afirmou que este contato com quem convive com a deficiência foi essencial para esta etapa do projeto. "Tanto a diretora da APAE quanto o deficiente visual deram uma ideia simples que vai acrescentar muito à funcionalidade do nosso projeto".

A diretora da APAE definiu como "fantástica" a iniciativa da organização da Fetin e do CICCT. "Além de motivar os alunos, esse encontro mostra como os alunos se preocupam com a inclusão social. E muitos projetos vão contribuir para os profissionais que trabalham com portadores de deficiência", disse Rita.

imagem-fetin_cicct-seguranca2_450

Policiais Militares e o presidente da Acevale, Norberto Dias, também se reuniram com doze grupos que criaram projetos para a área da segurança. De acordo com o subcomandante da PM de Santa Rita do Sapucaí, tenente Maximiliano Silva Soares, todos os projetos apresentados são inovadores. "É muito importante aliar conhecimento técnico ao nosso dia a dia. Tenho certeza que qualquer projeto que seja implantado trará resultados positivos para a segurança pública e a comunidade".

imagem-fetin_cicct-segurana_450O estudante do décimo período de Engenharia Elétrica, João Pedro de Melo, acredita que a iniciativa de colocar os alunos em contato com profissionais das áreas antes mesmo da Feira Tecnológica do Inatel vai dar mais motivação para os participantes na reta final. "É uma ideia inovadora aproximar os alunos de potenciais clientes antes mesmo da feira. Faz muita diferença nós termos a oportunidade de apresentar as nossas ideias e aprimorar o projeto".

Policiais Militares esclarecem dúvidas dos participantes da 29ª Fetin

 

29ª Fetin

Dia 28/10 - das 18h às 22h
Dia 29/10 - das 16h às 22h
Dia 30/10 - das 9 às 12h
Caravanas: inscrições pelo site www.inatel.br/fetin até dia 22/10/2010.

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200