Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Alunos do Inatel têm projeto reconhecido pela Sociedade Mineira de Engenharia

Inatel-SME-Nov2015Thiago e Ana Flávia durante a premiação em Belo Horizonte do 23º Prêmio de Tecnologia da SMENão é de hoje que o grupo formado pelos alunos do Inatel Ana Flávia de Almeida, Walef Robert Ivo Carvalho e Thiago Moreira de Carvalho Vieira vem se destacando no desenvolvimento de projetos na área de Engenharia Biomédica e Tecnologia Assistiva.

Desde a Escola de Eletrônica (ETE FMC) começaram a desenvolver o protótipo da Cadeira Ortostática Dinâmica (C.O.D.), experimento que foi premiado em diversos eventos científicos e acadêmicos. Já no Inatel, a C.O.D., que visa colocar um portador de deficiência física em posição vertical, deixando-o em pé, podendo ele se locomover por meio de um controle remoto ou por inclinação da cabeça, passou por uma reformulação e foi premiada na Feira Tecnológica do Inatel - Fetin, em eventos acadêmicos e ganhou notoriedade nacional ao ser apresentada por um de seus integrantes no programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo. "Desde que a tecnologia foi apresentada no programa, muitas pessoas de várias partes do país vieram me procurar para conhecer o projeto. Algumas empresas também entraram em contato para que o produto seja desenvolvido e chegue, o mais breve possível, ao mercado e isso é o que queremos", afirmou Walef.

Inatel-SME Nov2015A continuação no desenvolvimento do projeto rendeu aos alunos, no início desse mês, o reconhecimento da Sociedade Mineira de Engenharia. O projeto ficou em 6º lugar entre os melhores colocados e ganhou uma menção honrosa no 23º Prêmio de Tecnologia da SME. "Foi uma satisfação imensa nossa equipe ter sido agraciada com essa menção honrosa. Acho essencial esse reconhecimento da SME aos projetos. Essa atitude de promover e incentivar as novas ideias, de pequenos ou grandes empreendedores é muito importante porque, nos anima a trabalhar e abre várias portas para prosseguir com a pesquisa. Estamos bem animados com o projeto e continuaremos trabalhando na C.O.D. para que, num futuro próximo, possamos ver este projeto no mercado, ajudando pessoas e colaborando para o crescimento da tecnologia no Brasil", ressaltou Thiago.

A equipe destacou também a interação da engenharia com diferentes áreas para o desenvolvimento do projeto e os planos para o produto. "É gratificante ver a proporção que esse projeto está tomando. Pois nós sabemos o quão importante esse projeto é para as pessoas que possuem deficiência física e sei que ele mudaria a vida de muitas delas e por isso, nosso objetivo é que um dia elas possam usá-lo. Quando se une tecnologia, inovação e medicina os resultados são sempre positivos", disse Ana Flávia.

Novos rumos

CODEquipe durante a participação na 34ª Fetin com o projeto Neuro Carpet Test – NCTAlém da C.O.D., a equipe que hoje conta também com a participação da aluna Amanda Kelly da Silva, desenvolveu no último ano para a Fetin o Neuro Carpet Test – NCT, que utiliza a Neurociência associada à Engenharia nos cuidado da Hidrocefalia de Pressão Normal – HPN.

O projeto já está sendo utilizado em testes pela Associação Brasileira de Hidrocefalia de pressão Normal, uma organização ligada ao Hospital das Clinicas da USP, da qual os alunos passaram a fazer parte.

"É satisfatório ver que um produto que nós desenvolvemos já está sendo utilizado trazendo melhoria e qualidade de vida para as pessoas", exaltou Amanda.

Ainda de acordo com os membros da equipe, novos estudos já estão sendo preparados para o próximo ano. "Estamos desenvolvendo ações motivadas pela nossa amizade e com o intuito de auxiliar a vida das pessoas. Depois que fomos visitar alguns hospitais vimos que muitas áreas necessitam de melhorias. Vejo que muitas coisas podem e devem ser mudadas, com o uso de tecnologias simples. As aulas que temos aqui também nos motiva muito a ter ideia para novos projetos e, para o próximo ano, já estamos pensando em um projeto na área Oncológica", finalizou Walef.

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200