Você está acessando nosso website pela primeira vez. Nosso site, objetivando permitir, particularmente, uma melhor interação com você, bem como para permitir funcionalidades para melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados, coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação por meio de cookies. Para saber mais sobre a coleta de dados/informações e cookies que coletamos, acesse a nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Para ver o formulário de contatos você aceita nossa Política de Privacidade.

Aceitar Não aceitar

Índice de Artigos

inatel-claudiagarcez*Por Cláudia Garcez, fisioterapeuta e pesquisadora do CDTTAConhecemos pessoas que consideramos "fortes", pois enfrentam a vida de forma exemplar. No dito popular "dão a volta por cima" e não permitem serem derrotadas pelos problemas ou adversidades da vida. Essas pessoas podem até ter perdas nos desafios diários, mas continuam na luta. Essas são características de pessoas resilientes.

No Brasil, a palavra Resiliência e seus significados ainda permanecem desconhecidos para a maioria das pessoas. A noção de resiliência vem sendo utilizada há muito tempo pela Física e Engenharia e um de seus precursores foi o cientista inglês Thomas Young. Em 1807, Young descrevia experimentos sobre tensão e compressão de barras buscando a relação entre a força que era aplicada num corpo e a deformação que essa força produzia (YUNES, 2003; KOLLER, 1999).

Um exemplo de resiliência, na ciência, é quando há a deformação de materiais causada pela produção de uma força e depois disso, este material tem a tendência de retornar ao seu estado original. Com o ser humano em situações de adversidades, ou outras situações de tristeza, perdas, sofrimentos em geral, acontece uma "deformação" emocional, em que muitas pessoas, após estes eventos, retornam ao seu estado original, com alegria e fortalecidos. Esta é a relação da resiliência da Física com a resiliência voltada para os seres humanos.

A definição da resiliência pode ser entendida como a capacidade de renascer da adversidade, estando fortalecido e com mais recursos pessoais para manter a superação do problema. É um processo ativo de reestruturação e crescimento em resposta à crise e ao desafio. As qualidades da resiliência permitem às pessoas se curarem de feridas dolorosas, assumirem suas vidas e irem em frente para viver e amar plenamente (Walsh, 2005).

Inatel

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200