ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES

  • O Curso

    O curso de Engenharia de Telecomunicações do Inatel foi o primeiro a ser criado no Brasil, em 1965. É pioneiro e referência no ensino e no desenvolvimento das Telecomunicações no país, tendo profissionais formados nas grandes e principais empresas do setor. O curso possui um conjunto de disciplinas curriculares básicas, profissionalizantes e específicas, além de atividades complementares e de empreendedorismo, que resultam no perfil desejado – um engenheiro com diversas competências e habilidades na área de Telecomunicações e que mantém uma relação com atividades humanas e sociais e com outras áreas da Engenharia. O corpo docente é capacitado e qualificado, composto por mestres e doutores. Há diversos laboratórios de ensino e pesquisa, com equipamentos e softwares atualizados, que contribuem com uma formação diferenciada.

     

    Período integral e noturno | 5 anos | 185 vagas anuais | Título: Bacharel

     
  •  
  • Áreas de Atuação

    Áreas de Atuação

    • Sistemas e redes de comunicação: Com e sem-fio; telefonia fixa e celular; por radiodifusão, satélite, radioenlace e fibra óptica; comunicações digitais; de alta velocidade; internet; dentre outras.
    • Empresas e indústrias: Nas áreas de telecomunicações, eletrônica e tecnologia da informação e comunicação, como as operadoras de telefonia, concessionárias de serviços de telecomunicações. Poderá desempenhar suas competências em diversas funções como analisar, projetar, desenvolver, planejar, operar, instalar, manter e supervisionar sistemas, instalações, equipamentos, produtos, processos, serviços e tecnologias. Também poderá exercer funções de coordenação, gerência e direção.
    • Órgãos governamentais e de regulamentação e certificação das telecomunicações.
    • Consultoria: Realizar e dirigir programas, tarefas de consultorias na área de Engenharia de Engenharia de Telecomunicações.
    • Área acadêmica: Realizar pesquisa acadêmico-científica e tecnológica na área de Telecomunicações e outros que lhe sejam conferidos pelo respectivo conselho de classe.
  • Mercado de Trabalho

    Mercado de Trabalho

    O setor de Telecomunicações é um dos que mais movimentam a economia nacional e internacional e também é dos que mais cresce em função da necessidade da comunicação entre pessoas e coisas. As relações humanas e as atividades econômicas utilizam cada vez mais as redes e os sistemas de telecomunicações. Com a sociedade globalizada, mais investimentos serão necessários nos serviços de telecomunicações para possibilitar a expansão da comunicação em banda larga e de alta velocidade.

    Por esses motivos, é alto o índice de estágio e de empregabilidade dos alunos e formandos do curso de Engenharia de Telecomunicações do Inatel. Grandes empresas, públicas e privadas, nacionais e multinacionais, além de órgãos governamentais e institutos de ensino e pesquisa, necessitam destes profissionais capacitados.

  •  
  • Grade Curricular Integral

    {{ped.periodo}}º Período:

    Carga Horária: {{ativ.cargahoraria}}
    Tipo: {{ativ.tipo}}
    Créditos: {{ativ.creditos}}
    Ementa: {{ativ.ementa}}
    Total de Horas: {{ ped.totalcargahoraria }}
  •  
  • Grade Curricular Noturno

    {{ped.periodo}}º Período:

    Carga Horária: {{ativ.cargahoraria}}
    Tipo: {{ativ.tipo}}
    Créditos: {{ativ.creditos}}
    Ementa: {{ativ.ementa}}
    Total de Horas: {{ ped.totalcargahoraria }}

 
 

DEPOIMENTOS

  • "O curso de Engenharia de Telecomunicações do Inatel oferece uma formação sólida e comprometida com as exigências do mercado. São mais de 50 anos de experiência e mais de 7 mil alunos formados. Ele proporciona a participação em programas de intercâmbio em vários países, através de convênios da Instituição ou governamentais. Os graduados não têm dificuldades em conseguir emprego, devido ao excelente posicionamento da Instituição nos cenários nacional e internacional, além da crescente necessidade de conectividade em um mundo globalizado."

    Coordenador do curso, Prof. Antônio Alves Ferreira Junior

  • "Escolhi o curso Engenharia de Telecomunicações do Inatel porque forma um profissional versátil, com múltiplas competências, capaz de atuar em diversas posições no mercado. “Para se ter sucesso, é necessário amar de verdade o que se faz”, dizia Steve Jobs. O curso de Telecomunicações do Inatel é referência na área, pois imprime em seus alunos a marca de 50 anos de muito amor e profissionalismo, 50 anos de muito sucesso."

    Marília Martins Bontempo, ex-aluna do Inatel

  • "O Inatel deu a disciplina que eu precisaria para o resto da minha vida, o conhecimento e as ferramentas para o meu desenvolvimento profissional. Ao me formar no Inatel eu sabia muito de várias coisas, ao chegar em uma empresa eu precisei entrar em áreas específicas e a bagagem que eu tinha no Inatel me serviu muito. O principal foi não só a formação técnica, mas a humana. Desde que passei no vestibular do Inatel eu me senti especial. O Inatel é uma grife nas Telecomunicações. Quem vê um engenheiro do Inatel já espera um resultado ótimo. Todos da comunidade do Inatel têm uma responsabilidade com essa grife. Tem que carregar esse nome com respeito. Minha formação no Inatel permitiu facilmente eu estar produtivo dentro de uma empresa."

    Sergio Quiroga da Cunha (ex-aluno e presidente da Ericsson América Latina & Caribe)

@ Entre em contato

Instituto Nacional de Telecomunicações – Inatel

Campus em Santa Rita do Sapucaí - MG - Brasil

Av. João de Camargo, 510 - Centro - 37540-000

+55 (35) 3471 9200

Escritório em São Paulo - SP - Brasil

WTC Tower, 18º andar - Conjunto 1811/1812

Av. das Nações Unidas, 12.551 - Brooklin Novo - 04578-903

+55 (11) 3043 6015 | inatel.sp@inatel.br